//
you're reading...
Tutorial Maya

LWF com Mental Ray no Maya e Color Management na Render View

Nesse post, quero mostrar a forma que eu adotei pra trabalhar (disponível desde a versão 2011) com Mental Ray e LWF (linear Workflow) no Maya. Se você não sabe o que é Linear Workflow, clique no link abaixo:

O que é Linear WorkFlow?

1 – O primeiro passo é habilitar a Render View para mostrar imagens em 32bits. Para isso, abra a Render View, acesse o menu Display e escolha a opção 32-bit floating-point (HDR):

Será necessário reiniciar o Maya.

2 – Habilitar o framebuffer para 32bit. Na guia Quality do Mental Ray, desça até encontrar o grupo Framebuffer. No campo Data Type, altere o valor padrão, RGBA (Byte) 4×8 Bit, para RGBA (Float) 4×32 Bit.

3 – Abra o Color Management. Na janela da Render View, acesse Display > Color Management… As configurações aparecem automaticamente no Attribute Editor:

  • Image Color Profile: escolha a opção Linear. É como a imagem é gerada pelo Maya.
  • Display Color Profile: deixe como está. É como a imagem é mostrada pelo monitor.
  • Exposure: como não estamos usando um shader na câmera para aplicar o Gamma 2.2, a exposição de luz é feito através desse atributo.
  • Contrast: controla o contraste da imagem.

Abaixo, segue uma comparação sem a correção de Gamma e com a correção:

Não esqueça de fazer o de-gamma nas cores dos materiais e nas texturas coloridas. Bump, displacement, specular, não precisa, pois são imagens em tons de cinza.

Como a imagem está sendo renderizada na Render View, você pode salvar com ou sem as correções feitas pelo Color Management. Basta acessar File > Save image > options, na Render View.

  • Save Raw Image: salva a imagem sem as correções.
  • Save Color-Management Image: salva com as correções.

Se a imagem for renderizada pelo Batch Render, as correções NÃO serão aplicadas. É a opção correta, pois você poderá fazer as correções em Pós-Produção usando o Photoshop, After Effects, ou outro software de composição. Além disso, renderizando pelo Batch Render, pode-se salvar a imagem final num formato de 32bit (HDR ou EXR), que possue muito mais informação que uma imagem de 8bit.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Arquivados

%d blogueiros gostam disto: