//
you're reading...
3D, Autodesk Softimage/XSI, Tutorial

Usando proxy do Mental Ray no Softimage/XSI

Neste tutorial, como exemplo, estou usando um objeto complexo, o modelo 51 do volume 24 do DVD Archmodels, da Evermotion. Esse modelo é uma amostra grátis e pode ser baixado aqui. Clique no botão “Sample” (amostra) para baixar o modelo.

Para entender melhor o que são proxies, dê uma lida no artigo sobre o assunto clicando aqui, caso não tenha feito ainda.

Importe o arquivo OBJ (File > Import > obj File…)

A imagem abaixo mostra o modelo após organizá-lo do meu jeito, dando inclusive nomes coerentes para os objetos. Os objetos Grid e Sphere fazem parte do meu cenário.

No XSI é possível criar um proxy para múltiplos objetos. Para isso, basta criar um Model (Model > Create > Model) e inserir os objetos dentro dele:

Depois de criado o Model, abra o Explorer (8) e arraste os objetos que fazem parte da planta para dentro dele.

Caso queira esconder o Null do Model, basta selecioná-lo e teclar “H“. Antes de criar o proxy, é necessário exportar o modelo que será referenciado por ele num formato do Mental Ray (*.mia). Para isso, selecione o Model e vá em Render > Render > Export > Selected object… Na janela “Export Object Render Archive” é mostrado o nome do arquivo e onde será salvo (campo “Filename“).

  • Sequence: quando habilitado, permite escolher a margem de frames que serão exportados, caso o objeto esteja animado. O parâmetro Step é o incremento (1 = todos os frames são exportados; 2 = salva de 2 em 2 frames e assim por diante).
  • Generate display proxies: esse parâmetro é bem legal: salva a  imagem do objeto original. A imagem é mostrada no objeto proxy que será criado e poderá ser visto quando o modo de visualização da viewport for Texture ou Decal Texture.

Após clicar em OK para exportar o objeto, o mesmo já pode ser deletado da cena (OBS: tenha o objeto original salvo em outro arquivo para backup). Agora, vamos inserir o objeto proxy na cena. No XSI, esse objeto é chamado de Stand-in. Para inseri-lo, Model > Primitive > Stand-in. A janela com os parâmetros do Stand-in será mostrada. Você pode dar um nome para ele (campo Name) e deve carregar o arquivo *.mia, contendo o objeto exportado. Para carregá-lo, clique no botão [] do campo Stand-in e selecione o arquivo exportado.

Depois de carregar o arquivo, o proxy fica com as proporções do objeto original.

Mudando o modo de visualização da viewport para Texture ou Texture Decal, é possível ver a imagem do objeto que será carregado pelo proxy.

Fazendo um Render Region (Q) em volta do proxy, vê-se o objeto original renderizado.

Abraço,

Discussão

Um comentário sobre “Usando proxy do Mental Ray no Softimage/XSI

  1. cara… to começando a testar novamente o xsi… esse negócio de proxy é bem louco, mas achei mais fácil no xsi do que no max (menos suscetível a dar erro, na verdade).
    estou acompanhando o site !
    parabéns

    Publicado por conrado | 13/08/2010, 1:35 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Arquivados

%d blogueiros gostam disto: